27 junho 2010

Mão de Jimmy Page



Como já comentei, vivo no meio da selva.
Para chegar na "civilização" preciso andar quilometros (Fiz a conta outro dias, ida e volta dá quilometros).
Apesar de ter pouca grana, vivo num dos metros quadrados mais caros do Rio. E quando preciso comprar as coisas domesticas, preciso ir ao Leblon, pois aqui na minha pequena vila não existem mercados e essas coisas do mundo civilizado.
Precisei de viveres cotidianos, me preparei para missão... no último minuto, eu quase desistindo da excursão ao mundo exterior, minha mulher resolve me acompanhar. Começa a se arrumar. "Quero mudar um pouco meu dia. Vou me arrumar para irmos ao mercado" e começa a se vestir, maquiar, provar roupas... eu, em pró da boa convivência não contrariei. Terminou e descemos nosso caminho admirando a Lua sobre as aguas do mar. A cidade lá embaixo brilhando. Descemos, paramos numa banca de jornal. Olhamos revistas.
continuando andando vejo na minha frente, saindo de um restaurante, Jimmy Page. Um senhor com cabelos totalmente branco, que eu só sabia que era o Jimi Page, porque algumas horas antes lera uma noticia sobre ele.
Parei na calçada de frente pra ele que olhava pra rua, disse bem alto: " Jimmy Page!", minha mulher parou sem entender, ele se virou para mim com um sorriso. "Man. Thank you for exist. I love your job.I love you. " - "Thanks." respondeu. E apertei sua mão.
EU APERTEI A MÃO DE JIMMY PAGE!!!
Sai gritando feliz pela rua: "Apertei a mão do Jimmy Page!!" Realmente muito emocionado com isso. Minha mulher perguntava "Quem é Jimmy Page?", não pude conter o riso: "é o maior guitarrista do mundo, meu amor." continuei pulando e andado, estava muito emocionado.
"Mas esse Jimmy Page é de qual banda?" - "É o cara do Led Zeppelin." - "O que? Aaaa. Eu vi o cara do Led Zeppelin." Ela começou a gritar.

Logo, fomos fazer nossas compras domesticas.

isso.

Um comentário:

Dayane Teixeira De Sousa disse...

Cara seria meu sonho encontrar esse senhor e apertar sua mão. *-* Eu choraria.